Félix e Aimar - Origem e historia, passado e presente

4 de abril de 2017 |

Desde o inicio de tudo, estes dois malandros sempre foram as grandes figuras cómicas deste meu universo, que tornam inúmeras cenas em coisas totalmente idiotas e sem sentido. Eram estes os grandes palhaços e palermas que faziam de tudo para roubar o protagonismo e transmitir umas boas gargalhadas. Mas quais os motivos e suas origens?


Desenhos de como era o primeiro Design de Félix e Aimar

Como já escrevi em artigos anteriores, Os Guardiões de Dreamian tiveram muitas ideias ganhas graças aos jogos The Legend of Zelda: A Link to the Past, para Game Boy Advance, Final Fantasy Tactics Advance, também para Game Boy Advance, e alguns outros filmes e desenhos animados que pertenceram á minha infância.
As origens de Felix e Aimar já foram basicamente explicadas anteriormente, não irei escrever nada de novo, apenas acrescentar alguns detalhes mínimos e desenhos antigos a todo este passado.

Origens de Félix
Um dos meus primeiros desenhos de Félix, datado de 2008

Viera Summoner invocando a Fénix
Felix nasceu graças ao jogo Final Fantasy Tactics Advance, neste uma das minhas criaturas preferidas era a Viera, especialmente as que pertenciam ao ''Job Summoner'', agora á parte, eu sempre adorei os Summoner's em qualquer jogo ou RPG. As Viera desta área tinham a habilidade de invocar varias criaturas poderosas que auxiliam o combate, uma delas era a Fénix.
Depois de conseguir a minha própria Viera Summoner, uma das criaturas que eu mais invocava era precisamente a Fénix, por esta ter o poder de reviver varias personagens ao mesmo tempo caso as mesmas estivessem KO, algo que ajudava consideravelmente em todas as batalhas do jogo.

Nesta altura meu amor por Fénix apenas cresceu graças ao seu uso útil e constante no jogo, eu já as adorava antes e comecei a estranhar os motivos de, pelo menos eu, raramente ver uma nas historias e desenhos animados. Na época eu achei que usar uma Fénix como um dos protagonistas seria algo inovador e diferente, pois no meu pensamento nunca foi usado antes, sim, nessa época por volta de 2009 eu já andava preocupada em quebrar o que é repetitivo.
Então acabei por introduzir a minha própria Fénix no meu universo imaginário, seu nome era Félix, algo me disse que este personagem deveria se chamar assim, ele acabou por ser uma personagem principal muito estranho e muito cómica, eu não lembro exatamente os motivos para tal, só sei que amava e sempre amei ter uma Fénix doida e sem qualquer sentido nas minhas historias.
Antigo desenho de Félix, 2013/2014

Curiosamente Félix de todas as personagens é a única que manteve praticamente o mesmo design, cores, personalidade, raça e nome desde a sua criação, não receberam praticamente nenhuma mudança.
Seu Design também foi fortemente inspirado e teve grandes influencias nos famosos Pokémons Articuno, Zapdos e Moltres. Mas especialmente em Moltres pelo mesmo ser uma Fénix e de entre as três aves lendárias a preferida da autora desde a sua infância.
O Pokémon Moltres

Félix com o corpo em chamas, desenho de 2008/2009


Origens de Aimar
Rascunho rápido demonstrando como era Aimar no inicio, datado de 2014

Na mesma época que Felix saiu do ovo, nasceu outra personagem principal, o nosso conhecido Aimar! Devido a tal, ambos acabaram por ser uma dupla cómica inseparável durante os longos anos que se seguiram.

Lembro-me quando um canal de televisão de animação abriu, o chamado Panda Biggs, no exato dia 1 de Dezembro de 2009, Storm Hawks foi uma das primeiras series exibidas pelo canal, apesar de já ter estado no ar no canal infantil parceiro Canal Panda mais ou menos 5 meses antes.
No inicio não era a minha animação preferida mas dava para entreter e passar bem o tempo livre, tinha uma historia e personagens interessantes e por isso eu acabei por criar algum amor especial á mesma durante algum tempo.
Como comecei a assistir este desenho numa época de inspiração para a criação de personagens e historias, o esquadrão Storm Hawks foi a minha vitima de ''plagio'', e essa vitima foi uma criatura rinoceronte humanoide chamado Junko, através dela nasceu uma personagem muito semelhante chamado Juoujo, a primeira versão do nosso querido e atual Aimar. Juoujo de aparência era quase igual a Junko, até os nomes eram parecidos.
Junko, um dos protagonistas de Storm Hawks

Juoujo, o ''primeiro Aimar'', desenho de 2012/2013

Eu não gostava daquela personagem de Storm Hawks, e sinceramente não sei porque a escolhi como base para a criação de uma personagem, devido a tal, o velho Aimar era o protagonista que eu menos gostava durante muito tempo, apesar de hoje em dia ser um dos meus preferidos.
Talvez um dos motivos era o de minha historia precisar de uma dupla engraçada, Junko era um personagem engraçado ao longo de tal desenho animado, acabei por juntar o meu Junko plagiado a Félix, achei que ambos faziam uma otima dupla cómica.

Entre 2012 e 2014, Juoujo recebeu uma mudança drástica, além de seu nome mudado para Ren, e mais tarde finalmente para Aimar, os meus motivos para tal na época era, logicamente, a busca por uma maior originalidade e diferença, e foi mesmo por volta dessa altura que conheci através de algumas pesquisas na internet os Telquines e achei que esta raça iria se encaixar perfeitamente na personalidade e vida de Aimar além de eu as achar incrivelmente originais e querer logo os introduzir no meu universo. No inicio o novo Aimar era estranho, por vezes ele ainda continua estranho mas devo admitir, com o tempo o personagem evoluiu significativamente, para mim foi uma das melhores mudanças de raça em todas as personagens.
Primeiro desenho/rascunho de Aimar sendo um Telquine, o desenho infelizmente está inacabado, datado de 2014

Na época ambas as personagens não foram muito importantes, só serviam para a criação de qualquer tipo de cena inútil e idiota, a sua presença dava uma pitada de alegria e risos a um universo que durante muito tempo foi um sitio serio.
Hoje em dia o atual Félix e Juoujo  receberam uma importância muito maior, mais criatividade e originalidade, porém ainda continuam os principais motivos de brincadeira ao longo das páginas do livro.
Félix e Aimar como são atualmente

0 comentários: